Arquivos Aeronáuticos no Google+

O MISTÉRIO DO MALAYSIAN AIRLINES

Uma nova teoria que ganha força na Europa

Amigos, acabo de receber uma mensagem de -mail de um amigo que mora na França, o qual logo após me ligou para informar mais detalhes. Tratas-se do misterioso desaparecimento do Boeing 777 da Malaysian Airlines, e como os franceses atualmente encaram esta situação.


O e-mail original que recebi (original em Francês), pode ser lido, bastando apensas clicar no botão abaixo:

Image and video hosting by imageshack

Leia abaixo a mensagem traduzida para o português:

Esta mensagem que você me enviou, do nosso amigo XXXXXX, devo admitir que é um pressuposto um pouco perturbador, e em qualquer caso, não parece leviano (embora a conclusão seja um tanto abrupta, não é muito "politicamente correto").

Cumprimentos a todos,

O mistério do Malaysian Airlines:

O mistério em torno do "desaparecimento" dá origem a muita especulação!
E por que não faz um pouco de emoção?
Escrito por um ex-piloto: interessante!

Olá. Levanto-me hoje para Sherlock Holmes. O misterioso desaparecimento do avião da Malaysian Airlines me intriga, e eu certamente não sou o único a pensar isso.

Meu informante disse-me que o mistério do Boeing 777 da Malaysian Airlines está prestes a ser revelado, mas parcialmente.

Tenho pensado desde o início, e tinha minhas suspeitas e algumas pistas agora confirmar. Autoridades da Malásia e dos EUA nos dão a informação em fogo lento. Agora, eles confirmam o que eles sabem desde o início, que ele é um piloto experiente que, deliberadamente, sequestrou o avião de seu caminho e levou-o para o Ocidente, em vez de Norte, uma vez que foi fornecida. Nos confirmou hoje que a aeronave voou por 7 horas antes de qualquer tenha sido interrompido. Os norte-americanos dizem que ele tinha tomado uma direção causando sul do Oceano Índico.

Agora, o que eles (EUA) tem nesta região que pode interessar a um seqüestrador ou um piloto muçulmano e fanático? A resposta mais clara e mais óbvia é a ilha de Diego Garcia. E o que é essa ilha?: trata-se de uma grande base americana, que abriga um aeroporto para bombardeiros estratégicos B-1 e B-52, as mesmas pessoas que bombardearam a partir desta base o Talibã em outubro e novembro de 2001. Lá também existem bombas termonucleares./span>

Acho que o piloto jihadista, provavelmente o capitão (muito experiente) e, provavelmente, o fanático oficial mais jovem, mas provavelmente também tinha uma operação de missão suicida contra a referida base, dada a distância a aeronave chegou ao amanhecer. Os americanos dessa base secreta já tinham o conhecimento do desvio do avião desde o início do voo e, provavelmente, acompanharam seu trajeto e, quando perceberam que o avião estava indo de encontro direito para a base de Diego Garcia, não tinham outra escolha, se não a de atirar. Eu acho que eles tentaram mais de uma vez forçar a ideia do piloto em mudar a rotas, mas foi em vão.

Um teatro está sendo montado em toda essa coisa, sendo projetado para economizar tempo, a fim de:

A acreditar na teoria de um acidente técnico no início e, em seguida, a tese de um desvio, sem motivo aparente.

Recuperar rapidamente e esconder os destroços do avião e as caixas-pretas para obter o máximo de informação possível.

Avaliar a extensão da infiltração da Al Qaeda na equipe de pilotos e técnicos da Malásia Airlines.

Atraso de pelo menos uma semana, a pesquisa oficial, no Oceano Índico e para garantir que eles são feitos longe de Diego Garcia.

Preparar um plano de comunicação em conjunto com chineses e malaios, ou seja, que se trata de um avião sendo aparente seqüestrado com o propósito de um plano para acabar o combustível caindo no Oceano Índico.

Os EUA não estão exonerando o Islan de toda responsabilidade.

Provavelmente é difícil para os americanos a reconhecer abertamente derrubar um avião civil para proteger a sua base, mesmo que os passageiros foram condenados a morrer de qualquer maneira.

O odioso inevitavelmente recair sobre os EUA, não paramos de dizer que o piloto está simplesmente perdido, não sabia para onde ir, ele estava à procura de um aeroporto para pousar, o seu sistema de comunicação falhou, etc. Em suma, o ato terrorista iria se transformar em erro de navegação e de destruição da aeronave por crime dos EUA contra a humanidade. O público chinês e o público da Malásia não aceitaria a criação da versão falsa do acidente, e os governos chineses e malaios se sentiriam obrigados a protestar e condenar os Estados Unidos.

Bom tudo isso é uma teoria, não saberemos o que aconteceu exatamente.

Se a Al Qaeda não reivindicou a responsabilidade pelo ataque frustrado é que ele não quer que o ruído no exterior da extensão da infiltração das companhias aéreas, e que se preparam, sem dúvida, outros ataques.

Então cuidado, o melhor é não voar em companhias aéreas islâmicos.

FIM DA MENSAGEM

Sou (também) a favor dessa teoria porque revi as distâncias entre os aeroportos em questão, ou seja, a distância entre Kuala Lumpur e Pequim (4.710 Km) é bem maior que Kuala Lumpur e a base militar de Diego Garcia (3.454 Km).

Até Pequim, o avião voaria pouco mais de 6 horas, e para a Base Militar dos EUA, muito menos que isso, tendo combustível suficiente para isso.

A ilha de Diego Garcia (BBND) é um território britânico no Oceano Índico central e é o lar de uma instalação Marinha dos Estados Unidos de apoio - não exatamente uma base dos EUA, mas um lar para 1.700 militares, 1.500 civis contratados, e vários equipamentos Navais.

A ilha - nomeado após o explorador espanhol do século 16 Diego Garcia de Moguer - ganhou alguma notoriedade nos últimos 10 anos, depois de relatos alegou que os EUA usaram Diego Garcia para transportar e deter supostos terroristas.

Image and video hosting by imageshack

Image and video hosting by imageshack

Baixe 03 arquivos compatíveis com o Google Earth, para saber a localização no mapa global de Kuala Lumpur, Pequim e a Base Naval de Diego Garcia, clicando no botão abaixo:

Image and video hosting by imageshack

4 comentários:

  1. Independente da teoria que haja...

    Embora essa acima seja bem convincente do ponto de vista prático, acredito que não haja outro desfecho para esse voo senão abatimento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Clayton, e vou mais longe ainda, acho que nunca, jamais saberemos a verdade sobre este fato. É começado uma nova época de uma nova guerra fria....

      Excluir
  2. Uma teoria muito bem aceitável, devido aos fortes contratempos que seguiu-se nestas investigações e continua até hoje. Informações desencontradas e sem nexo deixaram os mais próximos (familiares) convencidos que exite algo real que paira neste episodio. E como disse o Fred Mesquita jamais saberemos a real versão desse desaparecimento.

    ResponderExcluir