Arquivos Aeronáuticos no Google+

ANAC – MISSÃO SOLIDARIEDADE

Faço um apelo aos amigos da aviação para que todos sejam solidários aos funcionários concursados da ANAC.

Vemos hoje em dia que é cada vez mais complicada a situação em que nos encontramos em relação ao serviço prestado por essa agência reguladora, mas que devemos ou temos a obrigação de sermos pacíficos com os colegas que lá trabalham – não é culpa deles o que está acontecendo.


Devemos ter em mente que, os que hoje se encontram trabalhando na ANAC, são servidores de carreira (concursados), mas sendo administrados operacionalmente por pessoas apadrinhadas pelo alto escalão do Governo Federal. Foram contratados sem o preparo devido, recebem pouco treinamento (ou nenhum treinamento sequer), mas que são cobrados nas funções para qual foram designados. São pessoas como nós, acumulam diariamente dezenas de serviços o qual serão cobrados caso errem, mas não são lembrados quando algo que fazem vai bem.

Também devemos ter em mente que não só a ANAC passa por problemas administrativos, mas também os demais órgãos reguladores ligados ao Governo, Ministérios, Autarquias, etc, administração que, quase sempre, são gerenciadas por cargos do tipo “Apadrinhamento Político” – indicados pelos partidos políticos com base no Governo. Temos várias maquinas da administração federal inchadas, com excesso de burocracia o qual, muitas delas, estão abarrotadas de servidores fantasmas e muitas sem a responsabilidade e o conhecimento específico para as funções.

Devemos sim, reclamar dos nossos direitos, é nosso dever como cidadão e usuário, mas que temos que preservar as pessoas que nela se encontram – os servidores concursados. O foco principal que deve se ter em mente, foco causador de todo o problema hoje encontrado é o Governo Federal – único causador de todas as mazelas que passamos em todas as instâncias seja na Federal, Estadual e municipal. Nossa briga tem que ser direcionada da forma correta, evitando denegrir a imagem desse ou daquele funcionário, quase sempre os mais atacados, alvo de nossa ira.

Temos em nossas mãos a arma principal que é o voto direto. Com ele, podemos mudar os desígnios de nossa nação. Não sabendo votar, levaremos nossa pátria cada vez mais ao fracasso. Minha idéia é que, devemos arregaçar as mangas, cair em campo, protestar, parar de “só reclamar” e exigir nosso direitos pela força da justiça se assim for o caso. Temos que deixar de lado a idéia que a culpa de tudo o que está acontecendo é do vizinho, mas sim, tudo é nossa culpa. Não aprendemos ainda a força que a união e capaz de fazer.

Temos que ver um funcionário da ANAC não como um inimigo, mas sim como um agregador de qualidades, um amigo de verdade. Em vez de olhar para ele com desgosto, porque não olhar com ternura e carinho? Se por algum motivo algum dele vier com ensejo de reprovação no que estamos fazendo, em vez de entrar em discussão, que tal mudar o tom da palavra para uma atitude mais solidária? São pessoas falhas como nós mesmos, e podem estar passam por problemas internos, problemas semelhantes que também passamos. Devemos ter a paciência necessária para com eles. Se desconfiarmos que determinado funcionário da ANAC não tem o mesmo conhecimento que o nosso, porque não informá-lo tal fato com uma atitude mais amigável? Lembremos que, tal funcionário não deve ter recebido o treinamento que ele mesmo desejaria ter, mas que pode estar sendo pressionadas por ordens superiores, ordens que podem não estar lhe agradando, mas que estão sendo obrigados a cumprir. Em vez de devolver ingratidão, temos que devolver companheirismo, mesmo que não o recebamos. Não é porque tal ou tal pessoa não seja ingrata que devemos ser ingratos. Não devemos nos aliar ao pessimismo ou coisa do tipo. É nosso dever tentar ajudá-los cada vez mais. É nossa obrigação também.

Fazer o bem faz bem, independente do reconhecimento. A solidariedade não comporta vaidades pessoais. Aprendi que um homem só tem o direito de olhar outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se. Eu não acredito em caridade, acredito em solidariedade. Caridade é tão vertical: vai de cima para baixo. Solidariedade é horizontal: respeita a outra pessoa e aprende com o outro. A maioria de nós tem muito que aprender com as outras pessoas. Se tivermos de esperar, que seja para colher a semente boa que lançamos hoje no solo da vida. Se for para semear, então que seja para produzir milhões de sorrisos, de solidariedade e amizade.

A solidariedade é o sentimento que melhor expressa o respeito pela dignidade humana. Aos amigos da ANAC, meus sinceros sentimentos para com o trabalho de vocês.

Que Deus nos guie.

Fred Mesquita

5 comentários:

  1. Nome aos bois. Sem nomear os apadrinhados, não passa de boato de jogo político.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas é exatamente o jogo político que faz com que esse órgão, dentre muitos outros, não consiga fazer o dever de casa. Concordo com você Sacco.

      Excluir
  2. Se fosse gente competente ia procurar outro emprego.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emprego de concurso público, nada melhor no mundo.

      Excluir
  3. Acreditem se quiserem em São Paulo-SP, estão querendo desativar o CPO/MARTE, absurdo e o mais engraçado que disseram que iriam construir 800 Aeroportos, sem contar que uma amiga que voava há tempo no Campo da Praia Grande o qual foi desativado, porque não constroem mais para aeronaves de pequeno e médio porte na região do Aricanduva próximo à região de Itaquera, espero que os usuários de uma forma geral não fique de braços cruzados.

    ResponderExcluir