Arquivos Aeronáuticos no Google+

EGOÍSMO OU ARROGÂNCIA ???

Um mal na aviação do Brasil

Conheça seus conceitos e aprenda a evitar os que agem assim com todos.

Arrogância é o sentimento que caracteriza a falta de humildade. É comum conotar a pessoa que apresenta este sentimento como alguém que não deseja ouvir os outros, aprender algo de que não saiba ou sentir-se ao mesmo nível do seu próximo. São sinônimos, o orgulho excessivo, a soberba, a altivez, o excesso de vaidade pelo próprio saber ou o sucesso.


A arrogância pode igualmente ser sinónimo de coragem, de assumir as suas próprias opiniões, identidade ou personalidade. Provém do latim arrogare, logo o verbo arrogar aplica-se, sendo o sentido negativo, muito mais em voga no discurso informal, provavelmente iniciado pela inveja.

A arrogância, ou o arrogar, não é, com efeito, pecado mortal ou até mesmo pecado de todo no sentido religioso. Será necessário recorrer a pseudo sinónimos sem base de étimo ou linguística para assim se justificar a corruptela de uma palavra que pode, ser positiva.

Egoísmo (ego + ísmo) é o hábito ou a atitude de uma pessoa colocar seus interesses, opiniões, desejos, necessidades em primeiro lugar, em detrimento (ou não) do ambiente e das demais pessoas com que se relaciona. Neste sentido, é o antônimo de altruísmo.


Um sujeito egoísta é aquele que acredita que o mundo, inclusive as pessoas ao seu redor, foram criadas para ele e somente para ele. Uma pessoa egoísta – e todos são em maior ou menor medida – sofrem porque as outras pessoas não correspondem à sua expectativa.

O egocentrismo caracteriza-se pela fantasia de imaginar que o mundo gira em torno de si, tomando o eu como referência para todas as relações e fatos.

Uma pessoa egoísta pode não ser egocêntrica, uma vez que luta para fazer com que os fatos se amoldem a seus interesses.

A pessoa egocêntrica é egoísta, no sentido de que não consegue imaginar que não seja ela a prioridade no mundo em que vive. O egocentrismo é próprio da infância, como passagem para que a criança possa aprender a noção de referência a partir do eu e então aprender.

Há controvérsia se o egoísmo é uma característica natural humana ou se é um hábito adquirido, como um vício moral da pessoa.

A psicologia do desenvolvimento observa que a infância se caracteriza pela passagem de uma atitude naturalmente egocêntrica - em que a criança tem por referência seu organismo e suas necessidades - para uma atitude social e interativa. Deste modo, o egoísmo seria a recusa da pessoa em deixar essa fase infantil, uma luta por manter viva a fantasia do egocentrismo.

Naturalistas, como Richard Dawkins, postulam a base natural do egoísmo a partir da tendência dos replicadores do organismo se associarem apenas segundo o interesse de passar à próxima geração de organismos. É a hipótese do gene egoísta, ou seja, de que os mecanismos genéticos de reprodução agem com fins imediatos e egoístas. O altruísmo seria uma legítima construção da cultura humana.

11 comentários:

  1. Arrogância! Ouvi dizer que é o ponto de vista do observador ou produto da imaginação; Principalmente por parte de profissionais que lidam com indivíduos arrogância é inexistente. Ops!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inexistência ?.... é mais comum do que se imagina. não só na aviação mas em muitas outras profissões.

      Excluir
  2. Boa tarde Fred, muito bom a sua explicação sobre egoísmo e arrogância, meu nome é Alessandro, estou na aviação a 15 anos,sou tecnico de manutenção de aeronaves de uma cia aerea,hoje ja esta mais amena essas atitudes,mas ainda assim temos que enfrentar algumas situações que temos que ter muita postura para saber como se portar ..parabéns peloseu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo elogio Alessandro. Bom saber que ainda existe bom senso nas pessoas.

      Excluir
  3. Onde impera tradição e monopólio, não haverá evolução e muito menos liberdade e igualdade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O homem nasce com potenciais construtivos e destrutivos, e as influências culturais e ambientais irão estimular e desenvolver o seu potencial, seja o construtivo ou o destrutivo. A modernidade distancia cada vez mais os homens da verdadeira razão, induzindo-os a procurarem a introspecção e ao individualismo, causa primeira disso tudo.

      Excluir
  4. Individualidade e realidades diferentes, eis uma questão sem solução, causada pela desigualdades sociais.

    ResponderExcluir