O QUE É DISSIMETRIA E PRECESSÃO

DISSIMETRIA DE SUSTENTAÇÃO
E PRECESSÃO GIROSCÓPICA

Os rotores dos helicópteros estão sujeitos as mesmas leis da física que regem o movimento dos giroscópios. Um dos fenômenos mais importantes associados ao movimento dos giroscópios é a tal "precessão giroscópica".


Devido a precessão giroscópica, quando uma força é aplicada a um disco que gira em torno de um eixo, essa força irá atuar 90º adiante na mesma direção da força original.

Se um giroscópio (ou uma roda de uma bicicleta girando em um pedaço de madeira) sofrer uma força A que tenda a girar o seu eixo de rotação, uma força B surgira para girar o eixo de rotação 90º adiante em relação ao sentido da força A.

Se um helicóptero está pairado no ar sem ventos, a velocidade e sustentação das pás que avançam e recuam é igual.

Se um helicóptero se move na horizontal, a sustentação produzida pelas pás que avançam é maior que a sustentação produzida pelas pás que recuam, fenômeno conhecido como dissimetria de sustentação, causado pela diferença de velocidade do ar que atinge as pás que avançam e que recuam.

Suponha que a velocidade da ponta das pás de um helicóptero em voo pairado é de 700 km/h. Se o helicóptero está se movendo para frente a 200 km/h, a velocidade da ponta da pá que avança será de 900 km/h e a velocidade da ponta da pá que recua será de 500 km/h.

Na medida em que a velocidade do helicóptero vai aumentando, a velocidade do vento nas pás que recuam tende a zero e nas pás que avançam tende a velocidade do som e ambas as pás perdem sustentação, o que estabelece um limite fisico de velocidade para os helicóptero.

A dissimetria de sustentação faz com que as pás que avançam tenham maior força de sustentação que as pás que recuam, criando uma força para cima nas pás que avançam e uma força para baixo nas pás que recuam.

Devido a precessão giroscópica, uma força irá levantar o bico do helicóptero e uma outra força irá abaixar a cauda do helicóptero.

Para compensar o efeito da precessão giroscópica devido a dissimetria de sustentação é necessário diminuir o ângulo de passo da pá que avança e aumentar o ângulo de passo da pá que recua.

4 comentários:

  1. Muito bom o esclarecimento técnico. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Meu grande amigo Fred "Longarina"!Abraços fraternos desde os bons tempos do Aeroclube de Pernambuco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk.... essa de Longarina é para os amigos de longas datas mesmo. Oooops, fui reconhecido... Obrigado pela lembrança.

      Excluir